top of page
Buscar

Arte em toda parte: as obras de Christina Motta nas ruas de Búzios


Christina Motta


Se você já esteve em Búzios, com certeza já conhece a icônica escultura de Brigitte Bardot, na orla de mesmo nome, à beira da praia da Armação.


Christina Motta, a artista plástica criadora da musa da Orla Bardot, também é “mãe” de outras dezenas de artes públicas pelo Brasil e em Búzios.


Paulista, Christina viveu 21 anos em Londres, onde continuou se aprimorando na arte. Ao voltar para o Brasil, foi a Búzios para passar uma temporada, mas acabou ficando de vez, desde 1992. Hoje, a península é a cidade com mais obras de Motta espalhadas pelas ruas.


Hoje vamos nos aprofundar nas principais criações para você não deixar de conhecer em sua próxima visita!


Brigitte Bardot - Orla Bardot

Expedia


Já conceituada no circuito artístico, a artista ganhou fama, de fato, depois da escultura de Brigitte Bardot, inaugurada em 1999, durante o 1º Festival de Cinema de Búzios.


Mário Paz, secretário da Cultura de Búzios na época, encomendou a estátua em homenagem à atriz que trouxe holofotes internacionais para a pacata vila de pescadores.


Os Três Pescadores - Praia da Armação

Site Christina Motta


Como mencionamos, Búzios era uma tranquila e silenciosa vila de pescadores até a passagem de Brigitte Bardot, mas mesmo em meio a tanto burburinho e atividade comercial para atrair turistas, a atividade de pesca resistiu e até hoje é a profissão de muitos moradores da região.


Para homenagear essa tradição buziana foi que ‘Os Três Pescadores’ nasceram, em 2000, e a escultura chegou a ser reconhecida por sua integração com o meio ambiente, em 2015, no ranking do ArtsInterface.org.


Garota dos Ossos - Praça dos Ossos

Tripadvisor


Misteriosa e elegante, a Garota dos Ossos surgiu por encomenda de um dono de antiquário especializado em Art Déco na região. “Faceira mas comportada”, nas palavras de Christina, a moça anônima foi esculpida olhando a vitrine do local.


À medida que a obra evoluiu, seu marido viu familiaridade e comentou: “Parece a minha tia Dalva”. E assim a Garota dos Ossos ganhou um nome.


Crianças dos Ossos - Praça do Ossos

Rafael Henrique Thirion/Flickr


Uma das características do trabalho da artista é a inspiração em pessoas reais. As “Crianças nos Ossos” foram inspiradas em Francisco e Manoela Paz, filhos de um casal de amigos.


Algumas curiosidades sobre a obra: o menino, esculpido deitado, está lendo “Viagem ao Centro da Terra”, de Júlio Verne.


O cachorro, que aparece no chão, representa Tango, o mascote de Motta.


Homenagem ao Quilombo - Alto Cruzeiro da Rasa

Libertrip


A escultura “Homenagem ao Quilombo”, de 2003, retrata um pai erguendo seu filho. A inspiração da escultora foi Mauricio de Assis Costa e seu pequeno filho, que posaram para a arte que hoje é referência no bairro da Rasa.


“Raízes: a saga de uma família americana”, que conta a história de Kunta Kinte, símbolo da luta contra a escravidão, também foi referência da artista. No filme, nessa mesma posição, Kinte comemorou a libertação do filho!


Gostou de conhecer o acervo de Christina Motta em Búzios? Não deixe de explorar e apreciar todas as suas criações públicas pelo nosso balneário.







80 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page